Acredite: a maneira como você gerencia a sua vida pessoal impacta diretamente na forma como você gerencia o seu negócio e o seu relacionamento com sua equipe.

T. Harv Eker, autor do livro “Os Segredos da Mente Milionária” em uma das suas frases mais conhecidas disse: “A maneira como você faz uma coisa é a maneira como você faz todas as coisas”.

É sobre isto que quero falar.

Que tipo de empresário ou empreendedor você é?

1-      Quer ser mais produtivo e aumentar o faturamento

2-      Quer trabalhar menos e ganhar mais

3-      Quer ter uma empresa enxuta e sustentável

4-      Quer todas as alternativas anteriores

Acredito que estes sejam os principais desejos de quem tem o seu próprio negócio.

Eu tenho certeza que sim…

 

Outra contribuição do mundo acadêmico, é do Prof. Reed Nelson, que descreve os nossos resultados na vida pessoal e profissional de acordo com a quantidade de tempo que colocamos em 4 grandes áreas:

Trabalho, que envolve as nossas tarefas, prazos, terminar o que começamos e a qualidade;

Relações pessoais, associados aos nossos relacionamentos; 

Controle, que é a defesa dos nossos interesses e trabalhos;

Pensamento, relacionado ao planejamento de curto e logo prazo, entre outros.

 

Em resumo, este estudo mostra inicialmente que, a forma como agimos é o resultado das nossas crenças, valores e atitudes, respectivamente.

  1. Nossas crenças: representam o que acreditamos profundamente e que é construído ao longo da nossa vida. Exemplo: A pessoa acredita que a qualidade é o principal atributo de um produto.
  2. Nossos valores: representam o que julgamos importante, que consideramos como premissa para nossas ações. Exemplo: A pessoa tem como valor contribuir para que as outras sofram menos.
  3. Nossas atitudes: representam a forma como avaliamos determinada situação, mas que antecede a ação. Exemplo: A pessoa tem um atendimento ruim em uma loja. Sua avaliação (atitude) é não querer retornar mais. (Antecede a ação de não retornar mais à loja pelo atendimento ruim).
  4. Nossas ações: representam nossa maneira de agir em relação a um problema ou situação. Exemplo: O comportamento de uma pessoa em uma situação de risco (pular, fugir, correr, salvar os outros).

 

 

Sobre o Autor